Ir para conteúdo

Visitantes do Brasil e do mundo aproveitam Curitiba no circuito da Linha Turismo

Linha Turismo

  • Linha Turismo
  • Linha Turismo

A Linha Turismo é uma das preferências dos turistas que vêm para Curitiba. Seja pela comodidade ou pela visão especial da cidade que os ônibus de dois andares proporcionam - do alto - o passeio atrai visitantes de todos os lugares do Brasil e de outros países.

Segundo pesquisa feita pelo Instituto Municipal de Turismo de Curitiba em 2017, os paulistas são os que mais procuram o passeio da Linha Turismo (28,1%), seguidos pelos fluminenses (12,1%) e visitantes do interior do Paraná (8,1%). Os curitibanos foram 3,8% dos passageiros em 2017.

Os ônibus circulam a cada 30 minutos e percorrem 45 km em cerca de três horas. O valor atual da passagem é de R$ 45 e permite um embarque e mais quatro reembarques.

Os tickets podem ser entregues para o cobrador do ônibus, o que permite ao visitante descer nos pontos em que preferir e embarcar no próximo ônibus.

Veja as dicas e opiniões de quem aproveitou o passeio:
 


Nome: Bianca Ardel e Alyne Perez

De onde vieram: Guarulhos, SP

Estadia em Curitiba: quatro dias

Paradas escolhidas: Jardim Botânico, Ópera de Arame, Parque Tanguá, Museu Oscar Niemeyer e Santa Felicidade

As primas Bianca Ardel e Alyne Perez vieram passar quatro dias de férias na capital paranaense. Bianca já esteve em Curitiba e não poupa elogios. “Acho a cidade maravilhosa”, comentou. Nesta terça-feira (10/4), ela levou a prima para passear na Linha Turismo. “Acho uma ótima maneira de apresentar Curitiba e ter uma visão geral dos principais pontos”, comentou Bianca, que disse ter gostado do serviço.
 


Nome: Paul Lee, Olivia Lee e os filhos, Aaron e Reece

De onde vieram: Bolton, Inglaterra

Estadia em Curitiba: três semanas

Paradas escolhidas: Jardim Botânico, Ópera de Arame, Parque Tanguá e Parque Tingui

A família Lee veio da Inglaterra para acompanhar o pai, Paul Lee, por três semanas em Curitiba. Ele veio dar um treinamento de defesa pessoal para a Polícia Militar do Paraná e arrumou um tempinho entre as aulas nesta terça-feira para passear.

“Já estive no passado em Curitiba e gostei tanto que quis trazer minha família para conhecer”, disse Paul. A família fez uma lista dos lugares que gostaria de conhecer na cidade. “Decidimos que a melhor forma de conhecer todos seria a Linha Turismo”, explicou.
 


Nome: Sandra Cristina Lima e Amanda Lima

De onde vieram: São Paulo, SP

Estadia em Curitiba: cinco dias

Paradas escolhidas: Jardim Botânico, Ópera de Arame, Parque Tanguá, Bosque Alemão e Santa Felicidade

Amanda Lima e sua mãe, Sandra Cristina Lima, aproveitaram a terça-feira de sol para fazer o passeio na Linha Turismo. Para Amanda, é a melhor forma de se conhecer toda a cidade. “Curitiba é uma cidade com vários núcleos de imigrantes e a linha mostra alguns deles”, avaliou. A gastronomia da cidade é um dos interesses das paulistanas, que pesquisaram antes de vir quais os principais pontos turísticos e as dicas de restaurantes da cidade.
 


Nome: Fátima Moreira e Donato Moreira

De onde vieram: Manaus, AM

Estadia em Curitiba: sete dias

Parada escolhida: Ópera de Arame

A princípio, o casal Fátima e Donato Moreira ia aproveitar o último dia de viagem na Linha Turismo. A ideia inicial era apenas se sentar em um dos bancos do piso superior do ônibus doubledecker e curtir as paisagens de Curitiba. No entanto, não resistiram a uma parada na Ópera de Arame. Nos outros dias, aproveitaram para conhecer a cidade, sobretudo o Museu Oscar Niemeyer. “Ficamos umas quatro horas lá dentro”, disse Fátima.
 


Nome: Marcos Ruiz e Marçal Pettenuci

De onde vieram: São Paulo, SP

Estadia em Curitiba: um dia

Paradas escolhidas: Torre Panorâmica, Jardim Botânico, Museu Oscar Niemeyer e Parque Tanguá

Os amigos paulistanos dedicaram um dia da viagem ao Paraná para conhecer a capital. Depois de passarem por Morretes, Paranaguá e Ilha do Mel, vieram a Curitiba, que os recebeu com um belo dia de sol. A Linha Turismo foi a opção perfeita de passeio para as poucas horas na cidade. “É bem interessante, dá para aproveitar melhor o tempo curto”, afirmou Marcos.
 


Nome: José Wilson Menezes da Silva, Marilena de Lourdes Menezes e a filha, Hellen

De onde vieram: Foz do Iguaçu, PR

Estadia em Curitiba: dois dias

Paradas escolhidas: Mercado Municipal, Jardim Botânico e Ópera de Arame

A família de Foz do Iguaçu passou dois dias em Curitiba. Deixaram o carro na garagem do hotel e embarcaram na Linha Turismo. “É muito bacana pela comodidade, não precisa se preocupar com trânsito nem nada, só curtir”, disse José Wilson.

Marilena e a filha, Hellen, visitavam a cidade pela primeira vez. No caminho, uma parada estratégica no Mercado Municipal. “Aproveitei para matar a fome e comer um pastelzinho”, contou José.
 


Nome: Carolina Bullara e Rafael Gondo

De onde vieram: São Paulo e São José dos Campos, SP

Estadia em Curitiba: um dia

Paradas escolhidas: Unilivre, Jardim Botânico, Ópera de Arame e Torre Panorâmica

O casal de namorados de São Paulo foi à Florianópolis, Santa Catarina. Na volta para São Paulo, decidiram parar em Curitiba para visitar um amigo. Com apenas um dia para ver toda a cidade, Carolina e Rafael viram na Linha Turismo a solução perfeita. Para Rafael, o passeio “é muito útil para quem está perdido geograficamente.” A Linha também é recomendada pelo paulista para dedicar o tempo escasso para o que interessa. “Não precisa nem ficar pesquisando os atrativos”, ressaltou.
 


Serviço:

Ponto inicial na Praça Tiradentes.

Horário de operação da linha: das 9h às 17h, a cada 30 minutos.

As cartelas com os tíquetes podem ser adquiridas nos ônibus em qualquer ponto de embarque, ou na Urbs - Rodoferroviária - Bloco Central (Avenida Presidente Affonso Camargo, 330, Jardim Botânico). Horário de atendimento: das 12h30 às 18h30 em dias úteis. O valor atual da passagem é de R$ 45 e permite um embarque e mais quatro reembarques.

Crianças até 5 anos não pagam a tarifa.

Somente os ônibus identificados com "adesivo Bicicleta" fixado na porta traseira têm possibilidade de transporte de bicicleta ou carrinho de bebê.

Fonte: Prefeitura de Curitiba

Quer compartilhar?