Ir para conteúdo

Prefeitura lança o mapa turístico para crianças Curta Curitiba Piazada

Lançamento do mapa turístico interativo para...

  • Prefeitura lança o mapa turístico para crianças Curta Curitiba Piazada
  • Prefeitura lança o mapa turístico para crianças Curta Curitiba Piazada
  • Prefeitura lança o mapa turístico para crianças Curta Curitiba Piazada
  • Prefeitura lança o mapa turístico para crianças Curta Curitiba Piazada
  • Prefeitura lança o mapa turístico para crianças Curta Curitiba Piazada
  • Prefeitura lança o mapa turístico para crianças Curta Curitiba Piazada
  • Prefeitura lança o mapa turístico para crianças Curta Curitiba Piazada

Uma verdadeira caça ao tesouro. Mas em vez de ouro e diamantes, 22 cartões-postais de Curitiba, verdadeiras joias da capital. Esses locais fazem parte do mapa turístico interativo para crianças Curta Curitiba Piazada, lançado pelo prefeito Rafael Greca nesta quinta-feira (11/10), na Torre Panorâmica das Mercês. “Este roteiro é um passeio amoroso e sentimental por atrações que a capital tem para nossas crianças, inclusive para que os pequenos aprendam mais sobre o turismo cultural e ecológico”, afirmou Greca.

Informativo e lúdico, o guia de Curitiba para crianças é gratuito e traz, em um dos lados, um mapa de tesouro com divertidos desenhos de atrações da capital. No verso, há dados detalhados dos 22 espaços, além do endereço e se são gratuitos ou pagos. Até o termo curitibano “piazada” é explicado no guia impresso e que também pode ser baixado gratuitamente no link do Instituto Municipal de Turismo (IMT).

Com tiragem inicial de dois mil exemplares, o mapa de Curitiba para crianças está disponível nos sete postos de informações turísticas da Prefeitura (confira os endereços no link). “Também iremos disponibilizar para os hotéis que tiverem interesse, bem como para outros estabelecimentos que recebam famílias”, contou Tatiana Turra, presidente do Instituto Municipal de Turismo.

O mapa mostra a localização do Bosque do Alemão, do Parque Tanguá, do Centro Cívico, do Museu Oscar Niemeyer, do Parque São Lourenço, do Museu Egípcio, do Museu da Vida (Pastoral da Criança), do Parque Barigui, da Gibiteca (Solar do Barão), do Passeio Público, da Biblioteca Pública, da Feira do Largo da Ordem, do Teatro do Piá (Palacete Wolf), da Torre Panorâmica, do Museu de Arte Indígena, do Bosque Reinhard Maack, do Zoológico, do Teatro de Bonecos Dr. Botica, da Rua XV, do Planetário Digital (PUCPR), do Museu de História Natural do Capão da Imbuia e do Jardim Botânico.   

Aula de história

Greca fez o lançamento do mapa de Curitiba para crianças durante a visita de 30 alunos do 3º ano da Escola Municipal Paranaguá à Torre Panorâmica. Usando como referência um imenso painel da capital, criado por Poty Lazzarotto, o prefeito deu uma aula sobre a história da cidade para os estudantes, narrando desde a fundação e a origem do nome de Curitiba (que vem do tupi guarani Kur'yt'yba: muito pinhão) até as conquistas atuais da capital como referência internacional em planejamento urbano e sustentabilidade.

“A cidade está aos pés de vocês e, daqui do alto, vocês podem entender como ela cresceu e se tornou referência em qualidade de vida”, salientou Greca. Ele também pediu aos alunos da escola do bairro Santo Inácio escreverem redações com o tema Curitiba Vista do Alto. “Prometo que vou ler cada um dos textos”, disse o prefeito.

Do alto, Greca ainda mostrou, para as crianças, espaços importantes da cidade, como o Parque Barigui, o Palácio 29 de Março (sede da prefeitura) e Santa Felicidade, bem como as zonas residenciais e os eixos estruturais (por onde passam ligeirões e expressos).

Linhas do conhecimento

Turmas de cinco escolas da Prefeitura visitaram a Torre Panorâmica nesta semana. Os passeios, que começaram na terça-feira (9/10) e vão até a tarde desta quinta (11/10), fazem parte da programação especial do Dia das Crianças da rede municipal e integram o programa Linhas do Conhecimento, lançado por Greca no ano passado.

"Esse programa fortalece a consciência urbana, a sustentabilidade, a pertença dos sujeitos aos espaços da cidade e a identidade cidadã, envolvendo crianças, estudantes e docentes em práticas de exploração e conhecimento de Curitiba”, explicou Maria Sílvia Bacila, secretária municipal de Educação. 

Com idade entre 7 e 10 anos, os estudantes da Escola Municipal Paranaguá ficaram encantados com a visita e também com a inusitada aula dada pelo prefeito. “É muito legal. Parece uma cidade de brinquedo daqui do alto e o prefeito ensinou muito coisa diferente para a gente”, afirmou Leandro Luiz Schneider, de 10 anos.

A colega Melissa Rossetto Brosqui, 8 anos, disse que vai pedir que os pais a levem novamente à Torre Panorâmica. “Hoje, está nublado, imagina como fica ainda mais bonita a nossa cidade em um dia de sol”, justificou ela.

O mirante da Torre Panorâmica tem mais de 100 metros de altura (equivalente a um prédio de 40 andares). Nesta semana, alunos das escolas municipais Salomão Teixeira (Ganchinho), Mansur Guérios (CIC), Miguel Krug (Portão) e Júlio Moreira (Santa Felicidade) também conheceram o espaço da Prefeitura.   

Fonte: Prefeitura de Curitiba

Quer compartilhar?